Americanos Miram Em Canadá E Nova Zelândia Depois de Vi

27 Nov 2018 07:10
Tags

Back to list of posts

social-media-network_23-2147493200.jpg

<h1>3.18 Por Que Mencionar Tuas Refer&ecirc;ncias?</h1>

<p>RESUMO Constru&iacute;do no s&eacute;culo 19, o protagonista de Sherlock Holmes conhece hoje uma nova fama com s&eacute;ries de Televis&atilde;o que reencarnam suas hist&oacute;rias e novas, de investiga&ccedil;&otilde;es, baseadas em suas caracter&iacute;sticas. Irasc&iacute;vel, o investigador de Arthur Conan Doyle influenciou figuras como o doutor House e mesmo o jogo Detetive. N&atilde;o existe id&ecirc;ntico di&aacute;logo no c&acirc;none, isto &eacute;, os 9 livros de Conan Doyle contendo os cinquenta e seis contos e quatro romances de Holmes, o &quot;primeiro detetive consultor&quot; da hist&oacute;ria.</p>

<p>Os casos foram anunciados nos livros pelo camarada do detetive, o m&eacute;dico John Watson -interpretado pelo ator Martin Freeman nesta s&eacute;rie recente. O m&eacute;dico Watson tinha servido no Ex&eacute;rcito brit&acirc;nico pela campanha do Afeganist&atilde;o de 1878-80, onde foi ferido por bala de fuzil. Como a hist&oacute;ria gosta de se reiterar, o Watson vivido por Freeman bem como era m&eacute;dico do Ex&eacute;rcito de sua majestade e foi ferido no Afeganist&atilde;o -pela campanha ainda em curso.</p>
<ol>

<li>11- Primeiro presente que nos demos</li>

<li>Imediatamente implementou um formul&aacute;rio para que os visitantes possam ganhar as novidades por email</li>

<li>Integre o design da imagem de capa com algumas partes da sua p&aacute;gina do Facebook</li>

<li>Adriano costa20 (discuss&atilde;o) 19h15min de quatrorze de agosto de 2014 (UTC)</li>

<li>2Um acesso online</li>

<li>Como obter dinheiro na Web copiando meus trades</li>

<li>Sempre algu&eacute;m est&aacute; de olho no que voc&ecirc; est&aacute; fazendo</li>

</ol>

<p>O novo Watson n&atilde;o publica tuas hist&oacute;rias dos casos de Holmes em revistas ou em livros, como o Watson vitoriano. Ele tem um site. Um di&aacute;logo parecido ao do in&iacute;cio nesse texto seria plaus&iacute;vel nos livros, como esta de Holmes se assumir um sociopata. J&aacute; que o Holmes de Doyle tem um lado bem irasc&iacute;vel. Ele realmente detesta gente burra. Logo, os Holmes modernos da Tv e do cinema agem do mesmo modo. Holmes/Cumberbatch a um desafeto em outro cap&iacute;tulo.</p>

<p>Quando surgiu o que hoje tem diversos nomes -&quot;romance policial&quot;, de &quot;crime&quot;, de &quot;detetive&quot; ou de &quot;mist&eacute;rio&quot;-, tudo girava basicamente cerca de desvendar uma circunst&acirc;ncia misteriosa como se fosse uma equa&ccedil;&atilde;o matem&aacute;tica, ou um quebra-cabe&ccedil;as. O detetive -se bem que ainda sem esse nome-, denominado como o primeiro de todos, Auguste Dupin, mostrado em 1841 pelo escritor americano Edgar Allan Poe (1809-49), era um c&eacute;rebro sem amplo charme todavia apto de definir enigmas.</p>

<p>Quer dizer, uma pessoa sem grandes maneirismos. Holmes tornou-se o mestre disso. Foi por causa essa paix&atilde;o por definir mist&eacute;rios que surgiram pela &quot;era dourada&quot; do romance policial -p&oacute;s-Conan Doyle/Holmes- os casos de &quot;quartos fechados&quot;. &Eacute; exatamente o que o jogo de tabuleiro Detetive (originariamente Clue, &quot;pista&quot;, em ingl&ecirc;s) procura fazer.</p>

<p>H&aacute; poss&iacute;veis criminosos, diversas op&ccedil;&otilde;es de armas do crime (rev&oacute;lver? faca? casti&ccedil;al?) e cenas aristocraticamente brit&acirc;nicas: a biblioteca, a sala de armas, a sala de jantar. Misture as cartas, jogue as informa&ccedil;&otilde;es e escreva um romance. A mera &ecirc;nfase em saber quem cometeu a coisa -a literatura policial do &quot;whodunit&quot;, &quot;quem fez?&quot;- foi um abastardamento do legado de Sherlock Holmes.</p>

<p>Mas, como se compreende, apesar de serem autores pequenos, tiveram enorme sucesso de vendas -por exemplo, brit&acirc;nicos como Agatha Christie e Dorothy L. Sayers, ou americanos como S. S. van Dine, John Dickson Carr e Ellery Queen. Holmes era muito mais impressionante. O caso a ser revolvido e o m&eacute;todo pra resolv&ecirc;-lo eram consider&aacute;veis, claro, entretanto o feitio do personagem e do teu colaborar, o doutor Watson, eram fundamentais.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License